Move Experiências apoia tropeiro do ABC em projeto que cavalga do Sul até São Paulo

1


13 Ago - 2019

Move Experiências apoia tropeiro do ABC em projeto que cavalga do Sul até São Paulo

Glaucio Gomes Nascimento, natural de Campina Grande – PB é o idealizador do projeto “Resgatando Tradições”, que realiza uma viagem de cavalgada partindo da cidade de Cruz Alta no Rio Grande do Sul e tem destino a cidade de Barretos dentro da Festa de Peão de Boiadeiro da região.

Aos sete anos mudou-se com a família para São Bernardo do Campo. A paixão pela tropeada está no sangue e mesmo morando em um grande centro de São Paulo, ele procura colocar o tropeirismo em seu dia a dia. “Sempre trabalhei em empresas, mas a vontade de trabalhar com animais era maior”, relata Glaucio Nascimento, a quarta geração de tropeiros de sua família.

O desejo de resgatar a tropeada surgiu a partir de uma matéria do Globo Rural. “Em 2006, quando assisti a reportagem da Tropeada vindo do Sul até São Paulo, percorrendo o mesmo caminho que faziam os antigos tropeiros, o coração bateu mais forte e veio o desejo de realizar essa viagem sozinho. E com firme propósito de colocar o projeto em execução comecei a trabalhar”, conta o tropeiro.

O “Resgatando Tradições” está em sua primeira edição. “Estou resgatando o caminho das tropas”, declara paraibano.

Para promover a caminhada, Glaucio conta com a parceria de sites e empresas. A Move Experiências, que visa unir o esporte e novas experiências, apoia o tropeiro em sua jornada até Barreiros.
“Tenho que salientar que a Move é uma grande parceira nesse projeto”, comenta o apaixonado pela cavalgada.

Nesta viagem, quatro mulas compõem a equipe para que haja o revezamento ideal para os animais. “Tenho um caminhão que é o apoio com ração, medicamentos e nossas coisas pessoais”, evidencia.
O trajeto tem duração de três meses e muitos desafios a serem enfrentados, como lugares de difícil acesso, temperatura baixa e chuva. “As dificuldades são as mais diversas. Frio com registro abaixo de zero. E às vezes dificuldade de comunicação”, afirma o tropeiro do ABC.

Além disso, o paraibano é fundador de outros projetos e eventos que envolvem a tropeada. A Cavalgada do Dia Internacional da Mulher, que homenageia as mulheres. Cavalgada Dia Mundial sem Carros, realizada na Avenida Paulista-SP. E a Cavalgada Dia Mundial do Meio Ambiente em parceria com o Governo do Estado de SP.

Ele também criou a Associação Cultural Tropeira e atualmente é o presidente. “Para mim significa muito ser tropeiro e lutar para manter nossa cultura viva”, conclui o fundador do Resgatando Tradições.





Reportagem: estagiária - Gabriela Freitas
Edição: Jornalista Juliana Bontorim
Fotos: Divulgação/Reprodução